Dicas Práticas

O que levei no mochilão pra dois meses de viagem [com vídeo]

Viajar leve é incrível! Sempre que vou passar até 10 dias em algum lugar, faço de tudo pra não levar mais do que uma mala de mão. Mas essa história de viajar a longo prazo sem ter uma base num lugar é nova pra mim, então semanas antes de embarcar pra o Rio comecei a pensar no que ia trazer. E aproveitei pra gravar um vídeo mostrando pra vocês. :) Meu roteiro pra dois meses de viagem pelo Rio e arredores e Chapada Diamantina incluía praias, trilhas, um pouco de frio e umas saidinhas noturnas, então foi um pouco desafiador escolher o que colocar no mochilão.

(Breve parênteses: se você leu aqui que eu tava embarcando sem data pra voltar, pode tar estranhando essa história de dois meses, né? É que depois da Chapada eu ia direto de Salvador pra Barcelona, onde começo a parte europeia da viagem, mas aproveitei passagens baratinhas e resolvi passar uns poucos dias no Recife. Assim, vou poder resolver umas broncas e deixar em casa o que não usei ou não vou mais precisar e acrescentar ao mochilão o que for necessário. Fecha parênteses. :P)

Desde meu primeiro intercâmbio, em que não usei nem metade do que levei na mala, já aprendi algumas lições, mas cada viagem é um caso. As condições climáticas variam, as atividades que cada um vai fazer também. E também variam as prioridades de cada um: por exemplo, pra você pode ser essencial ter muitas opções de maquiagem e acessórios, mas um shampoo “dois em um” pode ser suficiente em termos de cosméticos, enquanto não faço questão de muita coisa, mas não viajo sem alguns creminhos pra ajeitar os cachos.

Não acredito muito em “regras”, mas os principais mandamentos pra quem quer viajar leve costumam ser levar roupas suficientes pra um período de uma semana a no máximo 15 dias e tentar desapegar do “e se”, tipo “eeee se me chamarem pra um evento superformal?” – se for o caso, você compra algo a mais ou arruma emprestado. Eu ainda tenho dificuldade de desapega, por isso gosto de arrumar a mochila com antecedência: com o passar dos dias vou desistindo de levar algumas coisas (e me lembrando de outras, é claro).

Sem mais delongas: dá o play aí embaixo, releva os probleminhas de edição, se inscreve no canal e depois desce a página pra ver a lista completa do que veio comigo pra essa viagem. :)

Mochilão

Na foto abaixo (que tá tosquinha, sorry) coloquei os itens que mostro no vídeo. A mochila ficou pesando 11 kg e acabei não trazendo algumas das roupas que aparecem aí embaixo (uma saia e algumas blusas), mas no geral foi isso. O mochilão que eu uso é esse azul que tá por baixo dos sapatos e no começo do vídeo: uma Forclaz 60 litros, da Quechua, que além de linda é confortável. E tem o que acho essencial pra não bagunçar tudo ou enlouquecer procurando algo que tá lá no fundo: abertura frontal, um zíper em forma de U que dá acesso a todo o conteúdo.

O único ponto negativo que eu vejo é que dá pra fechá-la toda com cadeado. Pra minimizar esse problema, eu amarrei com vários nós e um barbante a abertura de cima e um dos zípers, deixando só dois zípers “ativos” (por mim só eles existiriam mesmo) e colocando neles um cadeado de cabo grande. Antes de usar essa mochila pela primeira vez eu comprei também uma capa de chuva pra ela, mas acabei perdendo. :(

Meus principais critérios na hora de escolher as roupas foram o tamanho (uso muitos vestidos no dia a dia, mas ocupam muito espaço, então só trouxe um), as combinações (quase tudo que trouxe é liso ou com estampa fácil de combinar, tipo listras), a resistência da peça (deixei de fora as roupas mais delicadas) e o fator multiuso (o vestido serve de blusa, a legging serve pra dormir, pra dia a dia e pra trilha etc.).

Lista de coisas que vieram na mochila:

Roupas

4 tops de ginástica
2 calças de ginástica
2 blusas de ginástica
1 short de tactel
1 short pra praia/casa
2 shorts jeans pra o dia
1 short jeans arrumadinho
1 calça de algodão molinha
1 calça “de montaria” arrumadinha
1 calça de trilha
13 blusas
1 vestido
1 camisa jeans
1 saia
1 vestido fininho pra praia
1 camisa longa de botões com proteção UV
2 biquínis e 1 maiô
Sutiãs e calcinhas
1 tênis pra o dia a dia
1 sandália rasteirinha
1 chinelo
1 pijama (short e blusa)
5 pares de meias normais e 4 fininhas
1 jaqueta corta-vento impermeável
1 cardigan (mais fino e arrumadinho que o fleece que veio a bordo)

Higiene

Sabonete
Desodorante
Escova de dentes
Pasta de dentes
Sabonete pro rosto
Condicionador
Shampoo
Creme de pentear
Gilete
Pente
Hidratante
Alicate, pinça e tesourinha
Lencinhos removedores de esmaltes
2 esmaltes clarinhos
Prendedores de cabelo
Protetor solar pra rosto e corpo
Adstringente e discos de algodão
Repelente
Lenços demaquilantes
Ampolas de hidratação pra o cabelo
Creme de nutrição pra o cabelo (num pote pequeno)
Copinho coletor menstrual
Caneca de ágata pra ferver o copinho no fogão
Copo de silicone retrátil pra ferver o copinho no microondas

Outros itens

Boné
Bolsa de praia grande tipo ecobag
Bolsinha impermeável da Havaianas
Bolsinha pra proteger o celular da água
Lanterna
Canivete suíço
2 pregadores de roupas
Bolsinha de remédios
2 toalhas compactas de microfibra
2 pochetes da Truques (1 impermeável e 1 com brilhos)
Sombrinha
Bolsa pra sair à noite
Carregadores das câmeras
Ziplocks
Cartões de visita do blog
Canga
Cinto

Vim no avião com legging, camiseta e um tênis de trilha ótimo e impermeável da North Face que comprei no Chile (parecido com esse aqui). Nessas primeiras semanas de viagem já percebi que podia não ter trazido a bolsa de praia grande (porque acabo usando a mochila de bordo, que é impermeável) e que preciso substituir a bolsa que trouxe pra sair à noite, que é meio estruturada, por uma que dê pra dobrar/esmagar e enfiar no mochilão.

Acabei comprando aqui no Rio um short de algodão, que acho mais confortável que o jeans, e quando for pra Europa vou eliminar um short jeans, as leggings de ginástica (que trouxe pra trilhas) e algumas blusas. Um item que devo acrescentar é saco de dormir, porque senti frio à noite num dos hostels e como vou me hospedar em casas alheias acho mais fáci. :)

Mochila de bordo

Trouxe comigo no avião uma mochila que, quando tou com o mochilão nas costas, visto na frente do corpo. Acabei trocando essa mochila que aparece aí na foto por uma verde um pouco menor, que é mais feiosinha, mas impermeável. Sou meio obcecada por coisas impermeáveis porque odeio chuva e gosto de estar protegida, e essa mochila (falei dela aqui) é ótima pra levar pra praia, trilha e o escambau sem me preocupar. Também gosto porque ela tem bolsos laterais pra colocar a garrafa d’água e a sombrinha e porque dá pra guardá-la toda dobradinha dentro do bolso da frente. É de uma marca esquisita chamada Hasky, mas você deve encontrar parecidas em lojas de itens pra viagem e camping (comprei numa dessas lojas em Santiago, no Chile).

Lista de coisas que vieram na mochila de bordo:

  1. A mochila em si (que foi trocada, coitada)
  2. Travesseirinho pro avião: dormir é minha atividade preferida em deslocamentos e ficar com o pescoço balançando dá um torcicolo triste. Esse aí foi presente, é da Imaginarium e tem caixinhas de som e massageador (que na real eu nunca uso)
  3. Tapa-olho: a melhor invenção do universo, que me ajuda a dormir em meios de transporte e quartos coletivos de albergues quando a luz tá acesa (ou no meu próprio quarto quando virei a noite ou quando rola aquela soneca diurna)
  4. Lanchinho: nunca viajo sem comida na bolsa, porque ficar refém dos preços altos de aeroportos e aviões é uó
  5. Kindle: tenho a versão normal touchscreen lotada de livros e amo com todas as forças (dá pra baixar amostras pra decidir se quero comprar, ler na versão original sem ter que encomendar, usar o dicionário pra buscar palavras estrangeiras, escolher um livro diferente pra ler se não tá com humor pra o anterior…)
  6. iPod: sou vintage e ainda carrego comido esse iPod Nano vermelhinho querido, o único produto da Apple que já comprei e que sobrevive firme e forte há uns 10 anos (guardo nessa bolsinha azul pra proteger e coloco o cabo dele junto pra carregar)
  7. Caderninho: nos últimos anos me acostumei a fazer anotações no celular usando o Evernote, mas ter um caderno sempre comigo tem me ajudado a manter o hábito de anotar todos os dias minhas impressões, sentimentos e ideias (mesmo quando os gadgets descarregam)
  8. Estojo: adoro esse estojinho da Accessorize porque ele é mini e me ajuda a trazer lápis, borracha, marca-texto e canetinhas coloridas, porque ~sou dessas~
  9. Álcool gel: pra aquele momento em que você vai comer o lanchinho guardado na bolsa e percebe que as mãos devem tar cheias de germes do ônibus
  10. Necessaire: essa é a que eu carrego comigo no dia a dia e inclui versões mini de perfume, escova e pasta de dentes, fio dental, remédios mais importantes, protetor solar, protetor labial, adoçante, band-aids, lixa de unha e agora um spork (colher + garfo + faca ao mesmo tempo)
  11. Garrafinha: sou aloka da garrafa d’água e atualmente tou usando uma da Aqualife que vem com filtro
  12. Carregador: guardo numa bolsinha o carregador do celular e o power bank, que tá sempre carregadinho pra salvar no desespero
  13. Mouse: sim, meu nível de maturidade é zero e meu mouse tem a forma de um Mini Cooper <3
  14. Óculos escuros: trouxe o mais simplinho, que não me dói o coração se perder
  15. GoPro: eletrônicos têm que vir na mala de mão, né. Tá faltando aí minha câmera DSLR (Canon T3), que trouxe também
  16. Notebook: depois de seis anos com um Dell guerreiro, comprei outro da mesma marca mais fino, leve e com processador melhor (esse é um Vostro). Trouxe também a fonte e um T pra ligar em tomadas antigas (já que a dele é do modelo novo brasileiro; quando for pra Europa vou acrescentar adaptador)
  17. Lenço: acabei substituindo esse da foto por um da Zezé Estúdio que tem um formato mais útil e ocupa menos espaço – falei aqui sobre várias formas de usar essa belezinha
  18. Casaco: esse é da Quechua e é feito de fleece, um material gostosinho que esquenta bem
  19. Carteira: a de sempre, que é de um modelinho que adoro da Calma Monga porque não ocupa muito espaço
  20. Maquiagem: trouxe uma bolsinha relativamente enxuta, com um item de cada: corretivo, pó-base, sombra, batom, blush e rímel

Só lembrando que em viagens internacionais tudo que for líquido na mala de mão tem que ir num saco plástico transparente e “lacrável”, tipo ziploc, em embalagens de no máximo 100ml, totalizando até 1 litro. Pra Europa, vou colocar os líquidos num saquinho junto com desodorante e sabonete pra o caso da mala ser extraviada (bate na madeira).

Malinha de mão

Depois de gravar o vídeo (na verdade, nas últimas horas antes de viajar) acabei trapaceando: além do mochilão e da mochilinha, trouxe também uma mala de mão pequena, de rodinhas. É que algumas coisas tinham “sobrado” pra o lado de fora: o casaco corta-vento, o travesseirinho de avião, a bolsa preta arrumadinha e umas coisinhas que eu tava trazendo pra deixar no Rio. Dava pra amarrar tudo isso no exterior das mochilas, mas como eu ia ter “apartamentos base” no Rio e em Salvador pra deixar parte das coisas durante as viagens menores, achei mais prático jogar tudo na malinha de mão, que veio bem vazia.

Quando for pra Europa vou tirar alguns itens do mochilão e dispensar essa mala extra, porque lá vou ficar me deslocando muito mais e seria inconveniente ter esse item a mais comigo (sem falar nos limites de bagagem das companhias aéreas low cost). Um dia eu consigo passar um ano viajando sem despachar bagagem, tenho fé! ;)

E você, o que não deixa de fora da mala ou mochila? O que acha que eu podia ter trazido ou deixado em casa? Conta aí nos comentários!

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

0 Comentários

Deixe o seu comentário