Espanha

10 motivos para fazer intercâmbio na Espanha

Espanha | 05/05/15 | 33 comentários

Procurando um país pra morar por um tempo? Vai pra Espanha, vai pra Espanha! hehe. Escolhi o país pra chamar de lar duas vezes (em Sevilha e depois em Valladolid) e recomendo, viu? É claro que tem outros mil lugares incríveis nesse mundão lindo, mas acho a Espanha uma ótima opção <3 Tanto que fiz uma listinha de motivos pra tentar te convencer:

1. O idioma

Muita gente acha que espanhol parece um português errado, ou que o portunhol é mais do que suficiente pra se comunicar com quem fala o idioma de Cervantes, né? Só que não ;) As semelhanças entre as duas línguas facilitam a comunicação em muitos momentos, mas também podem ser armadilhas…

E pra quê aprender espanhol? Pra se comunicar com um mooonte de gente! O idioma é o segundo mais falado do mundo, sendo a língua oficial em 22 países e falado por mais de 400 milhões de pessoas. Assim, além de ser um trunfo no mercado de trabalho, ele nos permite conversar com gente de vários lugares e conhecer outras culturas.

Vale ressaltar que nem é preciso ir longe pra colocar isso em prática, afinal, os ETs na América do Sul somos nós, né? Poder se comunicar sem entraves com os habitantes de dezenas de países que nos rodeiam é uma forma de reforçar nossa sensação de pertencimento a um continente tão rico. E é claro que aprender a língua em um desses hermanos sempre é uma ótima opção, mas ir lá na origem também tem suas vantagens, como estar na Europa e esses nove itens…

Leia mais:

Curiosidades espanholas – Parte 1

Curiosidades espanholas – Parte 2

2. A vida noturna

Caminhar à noite pelas ruas de boa parte das cidades espanholas, principalmente durante o fim de semana, é certeza de encontrar bares apinhados de gente, de jovens a idosos. A vida noturna na Espanha começa tarde – muitas vezes o pessoal só sai de casa lá pras 22h – e se estende até altas horas também, ao contrário de em alguns outros países europeus. E essa vocação festeira não é só experiência pessoal: os fatos comprovam! Vide o número altíssimo de bares por habitante, que é o maior de toda a União Europeia, de acordo com a Esquire.

Uma noite típica espanhola pode começar com um jantar/“esquenta” na casa de alguém ou com uma peregrinação por vários bares de tapas pra forrar a barriga. Depois, é hora de conferir a “movida” espanhola e procurar outros bares pra tomar uns chupitos (shots), drinks e cervejas ou dançar. Especialmente em cidades universitárias, onde tem sempre gente jovem atrás de balada, não é difícil encontrar casas noturnas que ficam abertas até o dia amanhecer.

vida noturna

3. O clima

O clima na Espanha é muito diversificado, mas em geral é bem mais ameno do que nos países mais ao norte, por razões óbvias ;) É verdade que muitos amigos meus se surpreenderam ao conhecer o inverno de Valladolid e perceber que não ia fazer calor o ano inteiro, ao contrário do que o estereótipo indicava. Ainda assim, as temperaturas da maior parte do país são amigas, atraindo gente de vários países europeus nas férias.

Em Sevilha, onde fiz intercâmbio, o verão tem uma fama terrível, mas o inverno é tranquilo. Passei bem menos frio lá do que no norte e lembro da alegria de uma amiga que morava em Paris, foi me visitar em pleno janeiro e ficou chocada porque rolava de ter mesa nas calçadas e gente sentada à beira do rio, como na foto abaixo. O problema é que as casas no sul não costumam ser preparadas pra estação, mas isso era contornável. Quando eu morava em Valladolid, por outro lado, chegou a nevar algumas vezes, mas tinha aquecimento em casa e o frio não chegava a ser um grande transtorno. Resumindo: se você é friorento, a Península Ibérica pode ser um ótimo destino :)

Vai pra Europa? Não se esqueça que o seguro viagem é obrigatório pra entrar lá!
Clique aqui e saiba como contratar o seu com desconto.

clima

4. Os preços

Morar na Europa pode ser caro, mas o custo de vida varia muuuito de um país pra outro. É mais barato viver em cidades como Barcelona e Madri do que em várias outras como Zurique, Genebra, Londres, Oslo, Paris, Copenhague, Dublin, Estocolmo e Amsterdã, como confirma o site Expatistan. Se você for pra cidades menores, então, a média de gastos cai muito mais.

Enquanto amigos meus pagam uns 500-600 euros por um quarto mais ou menos em cidades da Inglaterra e França, é bem fácil encontrar um aluguel em uma cidade pequena ou média na Espanha por 200 euros ou menos (vide foto abaixo, do meu quarto em Valladolid, que tinha até varandinha).

Comida, transporte, bebida e outras despesas também costumam ser bem mais baixas – um exemplo é o quanto eu pagava por uma cerveja de 470 ml em um bar em Lyon (5 euros) e em Valladolid (2 euros ou até menos). Assim, dá pra beber aproveitar muito mais, né? ;)

preços

5. A tranquilidade

Os espanhóis são muito trabalhadores, é claro, mas rola uma vibe meio relax em boa parte do país e eu acho isso sensacional. Parar no meio do dia pra descansar, arrumar a casa ou whatever ainda é um costume em muitas partes da Espanha (já falei aqui sobre como me surpreendi ao constatar que a siesta era levada muito a sério em Sevilha). Sem falar nas muitas placas de “cerrado por vacaciones” que você vai encontrar na frente de lojas durante o verão – sim, muita gente simplesmente fecha a budega e vai pra praia. Acho digno :) Aí embaixo, um retrato das ruas de Valladolid desertas na hora da siesta…

tranquilidade

6. A diversidade

A Espanha é um país com uma grande diversidade cultural, devido às influências de antigas civilizações como romanos e muçulmanos, que dominaram as terras por muitos anos. A mistura resultante se observa na arquitetura de vários lugares, como a Andaluzia, que tem muitos traços árabes e é uma lindeza.

Além disso, de uma comunidade autônoma pra outra você pode encontrar muitas diferenças, incluindo até o idioma. Enquanto a Andaluzia, mencionada acima, reúne vários clichês da Espanha e o gostoso sotaque andaluz, você encontra outros mundos ao passear por regiões como o País Basco, a Galícia e a Catalunha ^^

diversidade

7. As escolas e universidades

Salamanca, por exemplo, é conhecida no Brasil por ser uma cidade boa pra farra, mas não é por acaso que o destino é cheio de universitários. É que sua universidade é uma das mais tradicionais da Europa, fundada em 1218, e é fácil encontrar também boas escolas de idiomas por lá.

A mesma coisa se repete em várias partes do país, com instituições muito tradicionais. Além disso, a Espanha reúne modernas escolas de negócios bem posicionadas nos rankings internacionais, como Iese, Esade, Eada e Esic.

Ah, e apesar da crise ainda rola de encontrar programas de bolsas bem legais pra estudar por lá, como os da Fundación Carolina, Santander Universidades, La Rioja, entre outros.

8. A familiaridade

Entre os fatores que contribuíram pra que eu escolhesse a Espanha pra fazer meu primeiro intercâmbio de “longa duração”, a sensação de familiaridade que eu sabia que ia encontrar lá contou muitos pontos. Pra quem ainda tá insegur@ com a experiência diferente e procura uma transição mais suave, o país é uma boa. É que lá dá pra combinar várias vantagens da Europa Ocidental (a história, a qualidade de vida, a proximidade com outros lugares incríveis…) com o calor ibérico (também no sentido figurativo) que faz a gente se sentir meio em casa ^^

Leia mais:

Todos os posts do blog sobre estudos no exterior

9. As comidas

Tapas, tomate, azeite de oliva, frutos do mar, azeitona, carne de porco, embutidos, pão, batata e ovos são apenas alguns dos elementos marcantes da comilância espanhola, que costuma deixar saudades em quem passa um tempo por aquelas bandas. Neste post, ressaltei alguns destaques da mesa por lá, e adianto que dá pra comer bem – e barato – de um canto a outro do país. Vale a pena até se matricular numa aula de flamenco pra ver se compensa as calorias adquiridas ;)

comida

10. O turismo

Estudar é muito bom, mas vamos ser sinceros: a gente também quer explorar, né? \o/ E a Espanha, vejam só, é um baita país pra fazer turismo nos feriados, finais de semana e dias de aulas menos importantes (shhh). Seu território mistura montanhas nevadas, grandes centros urbanos, praias, restaurantes estrelados, importantes museus etc. e tal. Ou seja: dá pra encontrar destinos incríveis pra todos os gostos. Da arquitetura e atmosfera incríveis de Barcelona ao impressionante museu Guggenheim de Bilbao, passando pelo célebre caminho de Santiago de Compostela, a herança moura na Andaluzia, a badalação de Ibiza, a movida de Madri… Difícil vai ser escolher pra onde ir primeiro! E de lá, que tal dar um pulinho no Marrocos, em Portugal, na França…? ;)

turismo

Contrate seu seguro viagem com desconto na Mondial Assistance
Pesquise e reserve hotéis com os melhores preços no Booking
Alugue um carro nas melhores locadoras com a Rentcars e pague em até 12x
Procure a casa de câmbio com a melhor cotação da sua cidade 

Quando você usa esses links, o blog ganha uma pequena comissão pra se manter vivo e você não paga nada a mais por isso. <3 Saiba mais sobre as políticas de monetização do Janelas Abertas clicando aqui.

Pra conferir muito mais conteúdo sobre viagens todos os dias, siga o Janelas Abertas no Facebook, no Instagram e no Youtube. Espero você lá! :)

Posts Relacionados

33 Comentários

  1. Felipe Pereira Silva

    Bom dia Luisa, acompanho seu blog há algum tempo, e sempre me surpreendo com novas histórias, bem como roteiros sensacionais, aos quais você publica diariamente.
    Meu nome é Felipe, tenho 22 anos, e me formo em Direito no final de 2015, sou um amante do Jornalismo, apesar de não te-lo escolhido como graduação. Gostaria de saber se na Espanha existem bolsas para alunos de Direito em pós, ou ate mesmo cursar uma graduação em jornalismo ou espanhol. Um beijo, se cuida!

    • Luísa Ferreira

      Oi, Felipe! Que bom que você gosta do blog, fico feliz! :)) Certamente existem bolsas pra sua área sim, assim como pra graduação… Só tens que fuçar um bocado pra encontrar, porque infelizmente não sei te dizer nenhum programa específico pra tuas necessidades. Não sei se você já viu esse post aqui, em que dou algumas dicas pra facilitar essa busca: https://www.janelasabertas.com/2012/08/15/bolsas-de-estudo-no-exterior-como-comecar/ :) Boa sorte! Um abraço

  2. Sergio

    Muito legal estas informações pois eu vou fazer um intercâmbio na Espanha onde vou tomar um curso de espanhol em Barcelona e estou super ansioso para chegar o dia. eu optei em fazer o meu intercãmbio em Barcelona com hospedagem, alimentação e atividades de lazer. Sem duvida a melhor maneira de aprender o idioma é tomando um curso de espanhol na Espanha. também passo a minha dica de busca aqui http://www.sprachcaffe.com/portugues/adultos-aprenda-espanhol/espanha.htm

  3. Ana Gabrielle

    Olá! Boa tarde..
    Adorei as dicas!
    Aproveito para tirar uma dúvida. Vou para Espanha em meados de setembro, meu namorado mora lá e me mandou a carta convite, e toda a minha estadia ficará por conta dele. Ficarei apenas 1 semana, acha que 600 euros é suficiente para eu levar?
    Fico no aguardo!
    Beijos

    • Luísa Ferreira

      Oi, Ana! O quanto você vai gastar depende do que você pretende fazer, mas com passeios “básicos”, transporte e alimentação sem luxos, dá pra gastar menos de 50 euros/dia. Se você levar 600 dá pra comer bem, sair à noite, fazer compras… :) Mas talvez ele possa te dar também uma estimativa baseada nos gastos dele, que pode ser mais precisa de acordo com o estilo de vida de vocês. Um abraço!

  4. Diogo

    Olá, estou me programando para viajar daqui a um ano para dublin só que vendo oq fala da Espanha estou pensando em mudar de idéia, porém quero passar um ano e buscar meios de imigrar de vez pará-la, o q você acha ? É possível

  5. Jéssika Rodrigues

    Olá! Tenho muita vontade em morar na Espanha. Sou formada em Educação Física, recentemente. Gostaria de saber, e se você souber me responder, claro, se tem bolsas de estudo para pós graduação na área de saúde ou educação. Aliás, ter sei que tem, pesquisei algo na Fundación Carolina, mas a minha dúvida é se preciso estar vinculada à uma Universidade daqui… será que posso iniciar uma pós fora do meu país?
    Desde já, obrigada!
    Abraços

  6. Patricia Daibes

    Post excelente! ;-) Só me deixou com vontade de chegar logo fevereiro e partir pro meu intercâmbio em Salamanca.

    • Oi, Patricia! Que bom que você gostou do post. Salamanca é uma graça, espero que você curta muito a experiência! Um abraço

  7. Vivek

    Boa noite Lu, estou pensando em fazer um intercambio em Valladolid, e gostaria de saber como foi pra você, no convívio com as pessoas? como a cidade é ? tudo sabe.
    um abraço

    • Oi, Vivek! A cidade é pequena, mas bem simpática e tem boas opções de bares, restaurantes etc. Pra quem vai passar até um ano, tem bastante coisa pra não se entediar ;) E Madri fica a três horas de ônibus. Eu achava que as pessoas seriam frias, porque essa é a fama dessa região, mas me senti superacolhida o tempo todo :)

  8. Simone Mena

    Oi Lú, tudo bem? Tava pesquisando e encontrei o seu post, adorei! Quero fazer um intercâmbio pra Espanha. Você indica alguma cia de intecâmbio? obrigada, bjs ;)

    • Oi, Simone! A única vez em que fiz intercambio por agencia foi com a STB e deu tudo certinho :) Mas se voce tiver bom feedback de outras empresas menores, vale pedir orcamento tambem! abraco

  9. Bárbara Emília Lima Machado de Souza

    Olá, Luísa! Tudo bem?

    Te conto, faz 9 meses que estou vivendo na Argentina, vim pra estudar Cinema em uma faculdade pública da cidade de Córdoba. São 5 anos de carreira… Estava pensando em fazer uns cursos, entres esses 5 anos, antes que volte pro Brasil, e pensei na Espanha. Cursos de uma ou duas semanas, no máximo. Eu não conheço NADA por lá. Você teria alguma dica de escola, uma cidade barata e hostel que aceite gente como voluntário?

    Obrigada! Fica bem!

    • Oi, Bárbara! Você quer estudar o que por lá? Em relação a cidade barata, qualquer uma que não seja tão grande costuma ter um custo de vida bem razoável :) Morei em Sevilha e em Valladolid e as duas são bem mais baratas que Madri e Barcelona, e Valla (que é menor) é ainda mais barata do que Sevilha, por exemplo. Sobre hostels que aceitem voluntários, o ideal é vc dar uma olhada em sites especializados nisso :) Falei de alguns aqui: https://www.janelasabertas.com/2015/02/23/viajar-trabalhando-hospedagem-alimentacao/

      Um abraço!

  10. piter

    Abri este site por casualidad, pero he quedado sorprendido de la buena impresion que tuviste en espanha.
    Soy espanhol morando en Recife

    • Hola, Piter! Gracias por tu mensaje :D Ojalá te guste el Recife como me encanta tu país. Un abrazo!

  11. Márcia

    Boa tarde,
    Parabéns pelo blog! Fantástico!
    Nutro o desejo de fazer um intercâmbio na Espanha, em alguma cidade pequena. Nada do quilate de Madri ou Barcelona.
    Na verdade, o que eu pretendo é tirar férias de um mês no meu trabalho e aproveitar pra viajar e aprender um pouco o espanhol. Seria unir o útil ao agradável.
    Mas não queria contratar através de agência devido ao alto custo.
    Será que vc poderia me dar umas dicas? Tipo o fio da meada? Estou recém separada e tudo é muito novo pra mim, especialmente essa questão de encontrar boas oportunidade, porém seguras. Como pretendo viajar sozinha, preciso me cercar de toda segurança possível.
    Agradeço demais qualquer informação, dica, toque…kkkkk
    Qualquer coisa mesmo!
    Sucesso!

    • Oi, Márcia! Que bom que você gostou do blog, obrigada pelo comentário :D
      Você já viu esses posts? Talvez eles possam te ajudar:
      https://www.janelasabertas.com/2015/02/09/intercambio-um-mes/
      https://www.janelasabertas.com/2014/04/22/dicas-intercambio-barato/
      Existem várias escolas com as quais você pode entrar em contato diretamente pra fechar um intercâmbio. Eu sugeriria você procurar blogs de pessoas que fizeram o mesmo, pra pegar dicas com elas ou ao menos ver se recomendam de fato, pra não entrar numa roubada. Muitos leitores foram estudar francês em Lyon seguindo minhas dicas e adoraram (e economizaram, porque também não fui por agência), mas como eu sempre fui pra Espanha com vínculo universitário, não saberia te indicar nenhum lugar específico. O que posso te dizer é que Sevilha, apesar de ser uma das maiores cidades do país, é bem mais tranquila e barata do que Madri e Barcelona. Mas existem várias cidades gostosas Espanha afora ;)
      Acho ótimo que você esteja com esses planos de se jogar no mundo nessa fase… Acho que vai fazer muito bem! Um abraço

      • Márcia

        Oi Luísa, obrigada por me responder com dicas tão preciosas. Vc falou de buscar essas informações em outros blogs, poderia me indicar alguns com o mesmo perfil que o seu? Abraço

  12. Amei seu blog Luiza. Estou em busca de informações sobre a ESPANHA e encontrei muitas aqui. Beijos, Hallison Campos – Blog Dele para Eles

    • Oi, Hallison! Que bom que você gostou, fico feliz :D Um abraço e obrigada pelo comentário!

  13. Sara

    Oi Luisa, amei o seu blog.
    Eu tenho vontade de ir para a Espanha, mas não queria fazer intercâmbio de 1semana ou 1 mês. Você sabe se dá pra ficar mais tempo que isso e se só dá pra ir se for por agencia? Dá pra ir por conta própria?

    • Oi, Sara! Você pode ficar na Espanha como turista, sem precisar de visto, por até 90 dias. Pra mais do que isso é preciso procurar o Consulado da Espanha mais perto de você e pedir informações sobre os documentos necessários pra obter o visto de estudante. Dá pra ir por conta própria sim; muitas escolas permitem reserva online, por exemplo, e você pode procurar um albergue pra ficar nos primeiros dias e depois buscar outra forma de hospedagem. Por agência pode ser bem mais tranquilo, especialmente se for seu primeiro intercâmbio, mas não é obrigatório :) Boa sorte!

  14. Beatriz Tavares

    Olá, Luísa
    Eu estudo numa universidade aqui no Brasil que tem parceria com outras pelo mundo e um dos destinos que me chamou mais atenção foi a da Espanha. A universidade de lá é a UEMC em Valladolid. Estou correndo atrás de todos os documentos já, mas ainda preciso ser aprovada. A previsão de ida é para o final de Setembro e a volta para Fevereiro. Tenho algumas dúvidas em relação aos custos básicos mensais. Qual é a média para se manter lá? Desconsiderando aluguel, já estou pesquisando a respeito.
    Agradeço a atenção.

  15. Lilian Ferreira

    Olá Luisa! Meu nome é Lilian, Conheci o seu a pouco e achei muito interessante o seu post sobre a Espanha. Gostaria de saber se você sabe algum programa de graduação para cursar Farmácia na Espanha? Tenho uma tia que mora lá, então estadia eu ja tenho. Desde ja agradeço a atenção.

    • Oi, Lilian! Não conheço, mas certamente existem muitos :) Procura no Google “Universidad españa farmacia” (sem as aspas) que aparecem várias listas. Boa sorte! )

  16. Jessica Borkoski

    Boa tarde ,ilustre Luisa . Pesquisando por “intercâmbio para Espanha ” encontrei esta página , bem como sua pessoa . Gostaria muito de poder conversar contigo sobre a Espanha , quero passar um tempo lá . Isso para trabalhar e , caso consiga , estudar. Quero cursar medicina .
    Muito grata por tantas dicas. Parabéns
    Atenciosamente, jessica.

    • Oi, Jessica! Que bom que você chegou aqui no blog e achou útil :D Seja bem-vinda! Podes fazer as perguntas aqui nos comentários, assim as respostas podem ajudar outras pessoas. :) Mas te adianto que não sei nada sobre o ingresso numa faculdade de medicina na Espanha e validação desse diploma no Brasil… :/ Um abraço!

Deixe o seu comentário